Assessoria jurídica para o pequeno empresário: por que é importante?

Você conhece a importância da assessoria jurídica para o pequeno empresário? Entenda o que este serviço pode fazer pela sua empresa!

imagem mostra consultoria jurídica para pequeno empresário

Desde a abertura do negócio, o empreendedor se depara com uma série de desafios que fazem parte do dia a dia de qualquer atividade empresarial. No entanto, essas demandas podem ser mais facilmente administradas com uma assessoria jurídica para o pequeno empresário.

Quem abre um negócio deve entender que o sucesso do empreendimento não acontece somente quando a empresa gera lucro. Quando não há um bom planejamento no sentido de evitar gastos desnecessários, isso pode comprometer seriamente a rentabilidade da atividade e as finanças do pequeno empresário.

E como funciona a assessoria jurídica para o pequeno empresário?

Basicamente, a assessoria jurídica busca evitar problemas legais, seja em curto, médio ou longo prazo. Ela pode atuar tanto em uma questão legal já existente (como processos fiscais ou trabalhistas, por exemplo) quanto de forma preventiva, revisando processos e propondo soluções de melhorias para os fluxos.

Além da atuação preventiva e em processos já existentes, existem outros aspectos importantes que a assessoria jurídica abrange. A seguir, conheça alguns dos principais:

Auxílio no planejamento estratégico

Um dos fatores a serem avaliados na hora de montar um planejamento estratégico é o risco do empreendimento. Dependendo da atividade, essa pode ser uma tarefa bastante complexa, que envolve muitas variáveis legais.

Nesse caso, a assessoria jurídica para o pequeno empresário tem papel fundamental. Ao identificar os riscos envolvidos no processo, o empresário conseguirá tomar as decisões mais assertivas e seguras em relação ao negócio.

Segurança negocial

Depois de identificar o risco potencial do negócio, é hora de garantir que tudo seja formalizado atendendo a todos os requisitos legais. Isso também é função da assessoria jurídica, que confere segurança ao empresário na prática de atos legais.

Isso envolve elaboração e análise de contratos, presença do advogado nas negociações, verificação dos processos contábeis, entre outros aspectos. Todo esse processo serve para garantir que as ações do empresário ocorram dentro da maior legalidade, a fim de evitar prejuízos com possíveis processos judiciais.

Planejamento e enquadramento tributário

O pequeno empresário sabe melhor do que ninguém que a carga tributária no Brasil, além de elevada, é bastante complexa e sofre modificações com certa frequência. Por isso, é normal que não se conheça todos os impostos que incidem sobre a sua atividade.

Quando não há um planejamento tributário, as chances de cometer erros relativos à declaração e recolhimento de impostos são grandes. Quando deixam de ser pagos, ou são recolhidos de forma errada, esses tributos podem gerar multas. E, dependendo do caso, isso pode gerar sérios problemas junto ao fisco.

Além do que, é preciso conhecer qual o regime tributário mais favorável para o empreendimento. Uma empresa com enquadramento incorreto pode estar pagando mais impostos do que deveria, o que também pode ocasionar prejuízos ao negócio.

Todo esse trabalho pode ser facilitado com uma assessoria jurídica, que cuide tanto do planejamento quanto do enquadramento tributário da empresa.

Conclusão

Como vimos, a assessoria jurídica pode atuar em várias frentes do negócio. Ao identificar riscos potenciais, ela ajuda o empresário a traçar metas de crescimento mais seguras e efetivas. Ao mesmo tempo, oferece suporte nas negociações comerciais, ao assegurar que contratos serão realizados dentro das normas legais.

Aspectos operacionais, como negociações com fornecedores e credores, auxílio na cobrança de títulos e outras rotinas do gênero também podem fazer parte do trabalho de uma assessoria jurídica. Tudo isso alivia a carga burocrática do empreendedor e, dessa forma, ele consegue ter mais tempo para direcionar os seus esforços para o negócio em si.

E então? Conseguiu entender a importância da assessoria jurídica para o pequeno empresário? Acompanhe o blog da PAE para mais conteúdos como este!


Entre em contato conosco se precisar de ajuda ou tiver dúvidas.

As cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, aceita o uso de cookies. Mais informações